Eu ME lIBERTEI DE VOCE
“Não dói mais. Agora me dói não doer. A ferida aberta era uma forma de te sentir ainda comigo, mesmo sendo da pior forma possível. Eu sempre quis que essa dor cessasse, mas tinha medo da cura. Sabia que seria inevitável impedir que esse dia chegasse. Chegou. E, com isso, você se foi definitivamente. O que te manteve cravado em minha pele se esvaiu. Minha única memória fixa perdeu as formas, os gostos, os cheiros, as lembranças, o toque. Acabou, passou, não dói mais. A ferida se fechou e agora só me resta a cicatriz que, mesmo sendo uma forma de lembrar você, já não dói. É só uma prova de que um dia já senti. Mas, quem garante? A dor quando passa parece que nunca existiu; os amores esquecidos parecem que jamais foram vividos. A cicatriz é indolor. Não te sinto mais comigo.”
— Parimundi (via oxigenio-dapalavra)

Muitas vezes Deus permite tempestades em nossa vida para que repensemos as nossas prioridades.


“Aquele garoto aprendeu cedo e da pior maneira que o ser humano pode ser muito cruel, ele era diferente dos outros, especial. Mas em um mundo de pessoas iguais o diferente é considerado pecado, errado e deve ser atormentado por isso, bom, assim pensavam os iguais. E eles faziam questão de lembrar o garoto que não tinha lugar ali para ele. dia apos dia. Ele era um garoto esperto e sabia que o resto de sua vida seria assim, então resolveu sorrir e lutar, mesmo sem armas nenhuma, ele sabia que era diferente dos outros e era isso que o fazia continuar. O menino desde pequeno aprendeu que não tinha como concertar o que estava quebrado, mas que com alguns reparos e cuidados davam para enganar bem. Mal sabiam aquelas pessoas que estavam tornando o coração do pobre garoto mais gelado do que a neve e mais escuro do que a noite.”
Estilhaços. (via trovejo)

“Ninguém sabe todo o peso que ela suporta quando se sente sozinha. As memórias, elas a assombram. Ninguém vê toda a dor que ela traz, em todos os lugares por onde ela vai ela sente que eles nunca vão querê-la. Tudo que ela quer é alguém que a perceba. Tão cansada de se sentir invisível, tudo o que ela precisa é de alguém que se importe. Se ao menos eles pudessem ver o quão ela é incrível. Ela sonha com um dia em que ela não terá de chorar até dormir. É a nossa geração que cega demais. Não enxerga que a verdadeira beleza está por debaixo da pele? Tão ignorantes. São eles muito frios, insensíveis demais para ver, ao longo da vida os efeitos da dor que eles infligem? É a nossa geração que cega demais.”
Memphis May Fire (via turvejar)

“Todo poeta tem sua própria loucura como confidente.”
Elisa Bartlett (via oxigenio-dapalavra)